E a idade chega

Happy Birthday To me!
Happy Birthday To me!
Happy Birthday Dear me!
Happy Birthday To me!!!!

Tanti auguri a me!
Tanti auguri a me!
Tanti auguri a me!
Tanti auguri a me!

Parabéns para mim!
Nesta data querida!
Bla bla bla…

To ficando véia. Mas abafa o caso…

Italia e suas tosqueirices…

No Brasil, nos anos 80 (os melhores para a infância de qualquer criança na minha humilde opinião), o sonho de cada garotinha era se tornar paquita. Todo mundo querendo ser loirinha só pra ajudar a Xuxa a domar as criancinhas pentelhas que invadiam os palcos do Show da Xuxa e fingiam que brincavam naqueles brinquedos la.

Eu cheguei a ir no show da Xuxa (sim, eu fui uma daquelas criancinhas pentelhas), realmente tudo era lindo, mas aqueles brinquedos eram muito toscos. E a probabilidade de ser chamada pra uma brincadeira mais tosca ainda era quase nula. Sem contar que me confundiu a cabeça ir em pleno agosto na gravação do programa de Natal… Mas voltando ao assunto do tópico…
Na Itália, o sonho de cada garotinha (sem-nada-na-cabeça e graças a Deus que já passei dessa fase) é se tornar Miss Itália. Não adianta, os italianos vivem no seculo passado e todos os programas de tv são mais bregas que aqueles do Silvio Santos. Sabem aqueles programas sempre com coisas idiotas, e mulheres linda com vestidos de gala dançando… é assim a tv italiana, e isso me faz sentir saudades do programa do Chaves que era bem mais divertido que isso, ou melhor, um verdadeiro classico das nossas tardes pueris.

Ta, as garotas no Miss Italia são lindas (morro de inveja). Mas quando abrem a boca da vontade de esmurrar. Pena que vocês não entendem italiano, porque senão saberiam do que eu estou falando.
Aqui vai um video de miss Itália do ano passado. Pra resumir o babado, uma guria tem que desafiar a outra pra ver quem vai adiante no concurso. A primeira de cabelos cacheados ( que se apresenta dizendo que é estudante de genética e quer descobrir o elixir la vida longa!! Arghhh), resolve fazer magica. O cara pergunta “o que você vai fazer agora” e ela responde “Maga maghella!” (ai que vontade de bater!) e começa a fazer aqueles truques baratos que agente compra em lojas de magia.
Quando você acha que não pode ser mais idiota, a concorrente dela (muito linda por sinal também), começa a interpretar sabe Deus la que versão idiota de Romeu e Julieta. Nem preciso dizer que a tal da Maga Maghella vence… afinal de contas, dos males o menor.

Este ano, já estão acontecendo as seleções nas varias cidades Italianas, como pode ser visto no site oficial da coisa. E o negocio é levado bem à sério. Acontece que quem vira Miss Italia ganha um super destaque na mídia, coisa que há tempos não acontece no Brasil (graças a Deus). O que eu nao entendo é, como é que alguém ainda da audiência pra isso? Acho que nao precisa dizer que a Italia é um pais velho, cheia de gente velha, e adolescentes retardados, né? Os adultos mais normais acho que fugiram daqui.
Ta, tudo bem, tem muita coisa boa aqui, mas como hoje estou meio venenosa, não vai dar pra elogiar não heheheQuem sabe amanha, quando eu estiver de humor melhor.Beijos!

Medieval Times

Atendendo à pedidos, as fotos do desfile medieval que presenciei no inicio do mes. Espero que gostem.

Comitiva

Cavaleiro em seu cavalo

Homens sérios e suas armaduras

Arqueiros ou seguidores de Robin Wood?

Criancinhas

Um nobre casal.

Penteados super elaborados

God save the queen

Tudo ao som de tambores.

2 anos longe de casa

Há exatamente dois anos atrás eu me despedia de meus pais, irmão e amigos para entrar no avião que me traria até meu sonho. O sonho de fazer uma pós em Design na Itália.
Ainda me lembro de ter deixado minha mãe chorando e eu tentando ser uma menininha grande procurei não chorar mas foi inevitável. Meu pai apenas me sorria, orgulhoso.
Que momento difícil. Mas um momento necessário se eu realmente queria realizar meu sonho. E o melhor é que meus pais sabiam disso, e sempre me apoiaram por mais que doesse a separação.
A verdade é que nunca nos separamos de fato, pois mesmo distantes o contato era constante e o apoio maior ainda. Nesses dois anos aqui, eu passei muitas e boas, e por mais que tivesse medo da solidão em um pais que não era a minha Terra, minha família e amigos sempre tiveram palavras de força quando eu começava a fraquejar.
E isso é a verdadeira riqueza da vida. Pessoas, que mesmo de longe, te amam incondicionalmente e te dão forças pra prosseguir quando tudo parece estar contra nos.
Muita gente aparece nas nossas vidas pra tentar nos derrubar, passar pra trás, se aproveitar. E isso meio que nos deixa magoados com o mundo. Mas o importante é não esquecer que apesar de tudo existem pessoas que nos amam de verdade e saber crescer com as adversidades.
Em dois anos eu sofri um bocado aqui. Por vários motivos, pessoais e profissionais. Mas posso dizer com orgulho que cresci muito com todas essas experiencias, mas sem deixar de ser a mesma menininha sonhadora e romântica.
Eu ainda choro sim e me emociono. E não pude evitar de chorar ao escrever este post me lembrando de minha mãe e meu pai. Meu pai querido que o que mais queria era que eu me formasse nesse curso aqui.
Eu ainda não terminei o curso, mas faltam poucos meses. E se Deus quiser, vou fazer meu pai sentir orgulho verdadeiro de mim.

Desculpe Fergie, mas tenho que discordar com sua musica. Big Girls do cry!

il Barbiere di Siviglia

Pra quem não sabe, eu moro na Itália em uma cidadezinha chamada Ascoli Piceno. Estou aqui terminando o que seria equivalente a um mestrado, e amanha completa dois anos que sai do Brasil.Porém não estou aqui pra falar sobre isso. Estou aqui pra dizer que a Itália tem vários costumes diferentes dos nossos e neste período é verão na Europa. Italiano fica eufórico com um pouquinho de calor e verão é sem duvida a estação preferida de todos. Eu particularmente gosto também da primavera, quando finalmente o frio deprimente do inverno diminui e tudo começa a florir (fazer o que se sou uma menininha romântica??!!).

Enfim, o negocio é que quando chega o Verão, é como se chegasse a vida também. Pois nas demais estacoes não existe absolutamente NADA pra fazer num lugar desses. Já no Verão todo dia tem um evento diferente (mesmo que tudo acabe antes da 1:00 da manha, afinal os velhinhos tem que dormir) e hoje fiquei sabendo que na praça principal (Piazza del Popolo) vai rolar a encenação da Opera lirica “il Barbiere di Siviglia”. Na verdade dias atrás quando passei por la vi que estavam montando um palco em plena praça. Um palco de cenografia linda por sinal. Eu acho que vou dar um pulo la, afinal, de graça até injeção na testa, não?

Depois eu posto algumas fotos do evento medieval que rolou mês passado. Aqui o pessoal leva a serio essas coisas…

Nando Reis – All Star

Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as Índias mas a Terra avistou em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário

Estranho é gostar tanto do seu All Star azul
Estranho é pensar que o bairro das Laranjeiras,
Satisfeito, sorri quando chego ali e entro no elevador
aperto o 12 que é o seu andar
não vejo a hora de te reencontrar
e continuar aquela conversa
que não terminamos ontem, ficou pra hoje.

Estranho mas já me sinto como um velho amigo seu
Seu All star azul combina com o meu, preto, de cano alto
Se o homem já pisou na Lua, como eu ainda não tenho seu endereço
O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato

Este silencio é paz

Momentos de paz e tranquilidade. Paz de espirito. Coisa rara hoje em dia em uma vida que se torna cada vez mais frenética. Tinha algum tempo que não me sentia em paz assim, e acho que isso é algo que todos precisam, pelo menos uns minutos de silencio e paz ao dia, sem pensar nos problemas.Não sei quanto tempo vai durar. Talvez só uns minutos. Afinal, infelizmente, não podemos nos deligar dos problemas completamente. Só sei que neste momento estou assim. Ouvindo uma musica tranquila de Nando Reis. Em paz.

Ouvindo: Mesmo sozinho – Nando Reis

Voltanto à ativa

Oi gente… Quase ano se passou desde a ultima vez que postei por aqui. Foi um período meio triste da minha vida, pois, como todos meus amigos sabem, no dia 29 de setembro do ano passado eu perdi meu pai no acidente da Gol. Desanimei completamente de postar, pois mais ou menos eu postava para dar noticias aos meus amigos mas principalmente aos meus pais do que eu andava fazendo por aqui. Quase um ano se passou e ainda me sinto deprimida em relação ao meu luto. Mas com a ajuda de pessoas muito queridas na minha vida estou conseguindo seguir adiante. E agradeço muito pelo carinho dessas pessoas. Não irei citar nomes, mas elas sabem quem são. E para elas mando um beijo muito especial.

Bem, continuo aqui na Itália, fazendo meu curso e tentando me formar. Estou aos poucos me sentindo bem e viva novamente. E procurarei postar por aqui.