2 anos longe de casa

Há exatamente dois anos atrás eu me despedia de meus pais, irmão e amigos para entrar no avião que me traria até meu sonho. O sonho de fazer uma pós em Design na Itália.
Ainda me lembro de ter deixado minha mãe chorando e eu tentando ser uma menininha grande procurei não chorar mas foi inevitável. Meu pai apenas me sorria, orgulhoso.
Que momento difícil. Mas um momento necessário se eu realmente queria realizar meu sonho. E o melhor é que meus pais sabiam disso, e sempre me apoiaram por mais que doesse a separação.
A verdade é que nunca nos separamos de fato, pois mesmo distantes o contato era constante e o apoio maior ainda. Nesses dois anos aqui, eu passei muitas e boas, e por mais que tivesse medo da solidão em um pais que não era a minha Terra, minha família e amigos sempre tiveram palavras de força quando eu começava a fraquejar.
E isso é a verdadeira riqueza da vida. Pessoas, que mesmo de longe, te amam incondicionalmente e te dão forças pra prosseguir quando tudo parece estar contra nos.
Muita gente aparece nas nossas vidas pra tentar nos derrubar, passar pra trás, se aproveitar. E isso meio que nos deixa magoados com o mundo. Mas o importante é não esquecer que apesar de tudo existem pessoas que nos amam de verdade e saber crescer com as adversidades.
Em dois anos eu sofri um bocado aqui. Por vários motivos, pessoais e profissionais. Mas posso dizer com orgulho que cresci muito com todas essas experiencias, mas sem deixar de ser a mesma menininha sonhadora e romântica.
Eu ainda choro sim e me emociono. E não pude evitar de chorar ao escrever este post me lembrando de minha mãe e meu pai. Meu pai querido que o que mais queria era que eu me formasse nesse curso aqui.
Eu ainda não terminei o curso, mas faltam poucos meses. E se Deus quiser, vou fazer meu pai sentir orgulho verdadeiro de mim.

Desculpe Fergie, mas tenho que discordar com sua musica. Big Girls do cry!

7 Comments

  1. Ah, o apoio e a compreensão de quem se gosta é realmente necessário em uma situação dessa. Como diria Engenheiros do hawaii: – Se fosse fácil achar o caminho das pedras, tantas pedras no caminho não seria ruim.

    Então as dificuldades realmente fazem parte de um aprendizado maior, e isso que é o importante, sempre terminar uma experiência com um aprendizado.

    Beijo

  2. Cynnnnnn
    eu sei bem o que você passa,
    pois como você também deixei familia para trás para seguir um sonho, minha situação foi diferente da sua, eu estou no mesmo pais, mas seja qual for a distância sempre doi né. No meu caso também não deixamos de ser unidos, e pra dizer a verdade ficamos ainda mais unidos mesmo que a distancia, pois agora damos valor a cada minuto que passamos juntos.

    Eu ouvi uma frase agora a pouco que é muito certa, não importa quanto tempo você viva, e sim como você viveu, como você agiu.

    Ruivinha, parabéns por ter se tornado uma garota crescida, e sempre mantenha a pequena Cyn guardada no coração, pois até os adultos precisam se lembrar de como é ser criança, Pois assim não deixamos de curtir os bons momentos, como um sorvete no final da tarde, ou um dia com as pessoas que ama.

    te adoro querida
    biggggg beijos

  3. Na busca de um sonho, temos que abrir mão de algumas coisas, o que não significa esquecê-las. Ao tentar a sorte em outro lugar, não estamos esquecendo daqueles que amamos, mas indo em busca daquilo que sonhamos e que nos faz pessoas realizadas. O sentimento que nutrimos por essas pessoas não acaba, só aumenta, assim como a saudade. E tenho certeza que aqueles que ficaram torcem imensamente por nós, desejando que sejamos felizes no caminho que escolhemos. E a melhor maneira de recompensá-los é assim mesmo: sendo felizes.

    Grande beijos!

  4. Cyn,
    Infelizmente seguir o coracao e correr atras de um sonho nao eh facil. Mas felizmente, o que no final conta, eh a experiencia! (sejam elas boas ou mas).
    Mas uma coisa eu tenho certeza, vc eh uma vitoriosa! e nunca tenha duvidas disso!!!

    bjs

  5. Que bom que você foi atrás do seu sonho e melhor ainda, as pessoas que vc mais ama te apoiaram 🙂
    obrigada pelo comentário!
    beijos

  6. Legal fazer design…. meu sonho tbm é faze ruma pós na inglaterra…

    Ainda bem que já existe a internet pra gente matar a suadade da familia .. eu que estou 400km é ruim imagina vc que está quase do outor lado do mundo rs…

  7. É isso aí… andanças pelo mundo nos fazem progredir, veja você agora! Aprendeu algo, percebo por tudo que escreveu aqui: “crescer com as adversidades.” É isso que importa!!!
    Seja bem vinda ao Mulher Aspirina, a casa é tua.
    Beijocas.
    Ah! Não poderia deixar de dizer… a Itália é um lugar romântico e inspirador, adoro os cantores italizanos. Agora vou, rss…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>