1° Luluzinha Camp RJ – vai detonar!

lulucamprj2

Sabe o filme As Panteras Detonando? Pois é, o 1 ° Luluzinha Camp RJ vai ser algo tipo CarioGatas Detonando! – ou CarioCats Full Throttle rsrsrs.

Finalmente o evento vai rolar na cidade maravilhosa e a organização carioca ta mandando super bem. O local do evento já esta garantido, e sorteios de vários brindes bacanas vão rolar. Tudo para termos uma agradável tarde bem mulherzinha com as novas amigas e amigas já de outros encontros.

O release da organização:

No dia 07 de março acontecerá simultaneamente em três cidades do país – São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília – o evento Luluzinha Camp, que tem como característica principal a união de blogueiras e interneteiras para compartilhar ideias, participar de oficinas e realizar um bazar de trocas.

As participantes são mulheres na faixa etária de 20 a 35 anos, das classes A, B e C, muito conectadas e influentes no mundo virtual. As empresas que apoiarem o evento terão a oportunidade de fazer marketing espontâneo, além de branding no site e no local do evento.

Esta será a primeira edição do evento no Rio de Janeiro, com o apoio de diversas empresas. Está confirmada a realização de uma oficina de maquiagem e dicas de moda. Além disso, ao final do evento, haverá uma arrecadação de alimentos e utensílios para doação a instituições carentes.

E as atividades não param por aí! Ainda haverá sorteios de brindes. O site www.luluzinhacamp.com oferece a programação atualizada.

Se você é uma Carioca Gata, blogueira e antenada e quer participar, não esqueça de se inscrever no seguinte link, pois as vagas são limitadas. Clique aqui para se inscrever.

E ai, vai perder?

Era de Aquário

When the moon is in the Seventh House
And Jupiter aligns with Mars
Then peace will guide the planets
And love will steer the stars

This is the dawning of the age of Aquarius
The age of Aquarius
Aquarius!
Aquarius!

Harmony and understanding
Sympathy and trust abounding
No more falsehoods or derisions
Golden living dreams of visions
Mystic crystal revalation
And the mind’s true liberation
Aquarius!
Aquarius!


A canção acima se chama Age of Aquarius, do musical Hair. Musical este do final da década de 60, quando o estilo hippie de ser ditava um comportamento social (e a moda da época),um protesto pacifico contra a guerra do Vietnã, que pregava o movimento paz e amor.

Segundo a astrologia, os anos civis sao marcados por eras. Durante estas eras, de acordo com a posiçao dos planetas, recebemos influencias dos astros e signos.

Segundo o wikipedia:

Em astrologia a Era Solar é definida pela constelação na qual o Sol aparece durante o equinócio vernal. Como cada signo do zodíaco tem (em média) 30 graus, cada era solar dura aproximadamente 70anos/grau × 30graus = 2.100 anos. Isto significa que o Sol cruza o equador no equinócio vernal em movimento de retrocesso de ano para ano a uma média de um grau em setenta e dois anos, uma constelação em cerca de 2156 anos e os doze signos em cerca de 25 868 anos (designado Grande Ano Sideral). Esta é um divisão intelectual do círculo do zodíaco que coincide com as constelações no céu apenas um vez em cada 25 868 anos.

Vivíamos, até poucos dias atras sob a influencia do signo de peixes, a Era de Peixes, marcada principalmente pelo cristianismo (sendo que o peixe o símbolo do cristianismo usado pelos primeiros cristãos) e sua difusão. Superstição, a escravidão intelectual, a fé cega pela qual passou a civilização, são fenômenos bem conhecidos dos historiadores, fenômenos estes que são bem característicos do signo de peixes. Por outro lado, as influências da Era de Peixes (ou Pisces) no processo evolutivo foram necessárias. Os ensinamentos de amor e altruísmo que Cristo trouxe à Terra eram tão estranhos à religião da lei e do medo, conhecidas até então, que não podiam surtir efeito na humanidade, se não se desse ênfase à fé que abrangeu a doutrina do cristianismo. A Era de Pisces será recordada como a Era da Fé.

Segundo os cálculos astrológicos, como diz a musica, a Lua entrou na sétima casa e Júpiter se alinhou com Marte no ultimo sábado, dia 14. Isto significa que entramos na Era de Aquário, aquela posterior a de Peixes. Aquário é um signo com caracteristicas tais como: o apreço pela intelectualidade, pelos ideais, pela comunicação e pela fraternidade. Antes mesmo de entrarmos na Era de Aquarius, já era possível sentir algumas de suas influências como no desenvolvimento acelerado a nível individual, social, cultural, científico e tecnológico e na globalização ocorridos por todo o século XX.

O senso humanitário, que valoriza a cooperação e o desenvolvimento e se reflete, por exemplo, no florescimento do terceiro setor, nas ações sociais, no voluntariado e no surgimento das ONGs, também pode ser manifestação em Aquário

Acredita-se, como diz a canção, que esta será uma era de harmonia e fraternidade baseada na razão, simpatia e confiança abundante, sem mais mentiras e ilusões, oportunidades para o desenvolvimento intelectual e espiritual, dado que Aquarius é um signo aéreo, científico, intelectual.

O fato é que astros não podem fazer milagres. Não sera em um passo de magica que o mundo se tornara um lugar melhor como tao sonhado pelos utopistas da década de 60/70.
Cabe a nos aproveitar as influencias positivas que teremos nos anos a seguir e utiliza-las para um bem maior. Sem egoísmos, com alegria, esperança e fé em dias melhores. Mas tomando o cuidado para fazer esta transformação primeiro intimamente. Mudando nosso modo de pensar, de conviver e procurando ser pessoas melhores e conscientes do mundo ao nosso redor. Porque se cada um fizer a sua parte, o minimo para viver bem e em sociedade com atitudes bacanas, acabamos por contaminar positivamente quem esta ao nosso redor, e que, por sua vez acaba sendo influenciado e agindo do mesmo modo.

Para vivermos em um mundo melhor, basta querer e começar a agir. Tendo em mente de que não sera fácil, mas necessário para o nosso próprio bem e evolução espiritual. Ou você acha que estamos aqui só  a passeio?

Vale tudo para se manter jovem?

72011964

Ontem à noite assistindo a GNT, acompanhei um interessante programa sobre a luta de uma mulher de 40 anos contra o envelhecimento. Para falar a verdade, era como um documentário investigativo, onde esta mulher se informava e até mesmo testava alguns métodos para reverter as rugas que já possuía e se manter jovem por mais tempo.

Indo à uma reunião de suas amigas de infância, ela descobre que muitas delas usam aplicações de botox sem peso na consciência. Ela é a única que não faz nada para amenizar suas rugas e sai de la disposta a mudar isso.

Foi até uma loja de cosméticos e comprou todos os produtos anti-rugas que encontrou. Antes de começar o tratamento, pediu à sua filha que tirasse uma foto de seu rosto, para comparar depois. Depois de um tempo utilizando, não obteve nenhum resultado.

Ao consultar uma dermatologista, esta a revelou que estes cremes não ajudam em nada a diminuir as rugas. O unico tratamento efetivo é o peeling, que nada mais é do que aplicação de um acido na pele, que a faz descascar. Depois de 3 aplicações é que se consegue algum resultado. E cada sessão custava uma fortuna!

Tudo bem, estas coisas já conhecemos… mas o que me impressionou mesmo, foi uma entrevista que ela fez à uma senhora que tem um verdadeiro pavor de envelhecer e já experimentou de tudo para rejuvenescer o rosto. Plasticas, liftings, peelings, etc… E o método que ela esta utilizando no momento é a absurda injeção diária de hormônio do crescimento. Ela injeta em sua coxa uma determinada quantidade de hormônio. Este hormônio, impede o envelhecimento da pele.

Saindo de la, a interessada foi ate um medico, que a aconselhou não o fazer. Pelo simples fato de que tomar este tipo de hormônio colocaria em risco sua saúde, aumentando absurdamente suas chances de ter um tumor. Claro que ela preferiu deixar de lado esta opção e acabou partindo pro peeling e botox mesmo.

Ai eu me pergunto, vale à pena se sujeitar a tudo isto pelo simples fato de não querer envelhecer? Acredito que temos que nos cuidar sim, mas saber respeitar os limites do corpo e não coloca-lo em risco. Precisamos no amar sim e entender que cada idade tem a sua beleza, uma beleza diferente. Mas o mais importante é envelhecermos dignamente, e, atraves de nossas experiencias de vida, nos tornarmos pessoas melhores. Para que um dia possamos deixar esta vida com serenidade na alma.

Você é uma Shopaholic?

200282976-002

Qual mulher não curte fazer umas comprinhas? Principalmente em uma tentativa de levantar o astral, não é?

Não ha problema nenhum nisto, afinal vivemos em uma sociedade extremamente consumista e somos bombardeadas continuamente com anúncios e mais anúncios, tentando nos convencer que seremos pessoas melhores se obtivermos determinado produto.

O problema esta em passar dos limites. Existem pessoas que acabam por desenvolver uma compulsão por compras. Compram coisas que sequer precisam, coisas absolutamente inúteis, coisas que provavelmente nem chegaram a usar, em um processo de completa ansiedade. Pelo simples prazer de comprar o produto, nada mais. Como se o ato de comprar pudesse trazer algum alivio.

Acontece que quando chega a este ponto, passa a ser uma doença chamada Oneomania.  Segundo o site do Serasa,  a oneomania  é um distúrbio que

“(…) emerge para aliviar sentimentos de grande frustração, vazio e depressão. É um desejo de possuir, de ter poder, que fica reprimido. Ao não conseguir dar vazão ao seu desejo, a pessoa sofre uma enorme pressão interna que a leva à necessidade de possuir coisas novas como única forma de prazer

Este tipo de distúrbio é como qualquer outro vicio, que necessita de ajuda psicológica profissional para ser superado.  E como tal, somente um diagnóstico com um psicólogo pode indicar se a pessoa é realmente uma compradora compulsiva.

Claro que gosto de comprar, mas tenho consciência que que ainda não cheguei a este ponto. Pelo contrario, poderia ser até chamada de muquirana (rsrsrs). Mas é importante se ligar neste tipo de coisa, que nada mais é que uma doença de nossos tempos. Consumo demais, além de fazer mal para o meio ambiente, faz mal à você mesmo (a).  Então, que tal dar uma freiada no consumo, para não correr o risco de acabar se endividando por causa de coisas absolutamente inúteis e desenvolver uma doença compulsiva?