O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

amelie_poulain

Le Fabuleux destin d’Amélie Poulain (2001)

Já assistiram a este filme? Sim, ele é antigo, mas ainda assim é um dos filmes mais atemporais que conheço. Atemporal pois conta a historia de uma garota (quase) comum, que sonha em levar uma vida simples, trabalhando como garçonete em uma cafeteria de Paris, onde tem seus amigos. Até ai tudo bem, nada demais.

Acontece que em uma determinada data ela descobre um pequeno tesouro em seu apartamento, uma caixinha com pequenos brinquedos e lembranças de um menino que teria vivido naquele apartamento anos antes dela. Ela decide procurar pelo dono daquela caixinha e devolve-la. Caso o dono se emocionasse, então ela passaria a ajudar as pessoas a seu redor a viverem um pouco melhor, caso contrario, ficaria tudo igual.

Os personagens do filme são cativantes, cada um com suas peculiaridades. A começar pela própria Amélie, uma jovem tímida e e doce, amante dos simples prazeres da vida,  que com seu jeitinho meigo começa a melhorar a vida das pessoas ao seu redor com gestos, na maioria das vezes simples e alguns ligeiramente mais elaborados. Tudo com uma graciosidade imensa, gestos provenientes da pura bondade de seu coração.

Coisa rara neste mundo. Praticamente impossível encontrar alguém que seja tao desinteressado, tao bom. A maioria das pessoas só se oferecem para ajudar as outras quando estas pedem, ou com intuito de receber algum tipo de recompensa. Sim, interesses fazem o mundo girar, a economia se desenvolver, mas e o nosso intimo, como fica?

Sera que não estamos contaminados demais por uma sociedade consumista e individualista? Seria tao bom se as pessoas redescobrissem os mais simples prazeres da vida, como sentir o sol tocar na pela pela manha e sorrir. Aproveitar aquele ínfimo momento que passa sem que percebamos. Coisas simples que estão no nosso alcance todos os dias.

E que tal tentar transformar o dia de alguem próximo a você? Sem interesses. Com um simples gesto de bondade. Um sorriso e um desejo sincero de bom dia é apenas uma das infinitas possibilidades de se fazer o bem desinteressadamente.

Eu recomendo muito o filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Pois ele nos da a oportunidade de nos sentirmos melhores só de assisti-lo. Nos mostra as infinitas possibilidades de sermos felizes e fazermos felizes com as mais simples coisas da vida. Além de ter uma belíssima e poética fotografia.

Porque afinal de contas, o que realmente importa são aqueles momentos especiais do dia a dia, que não precisam nem de dinheiro, nem roupas caras, nem joias, nem nada. Apenas respirar e sentir.

3 Comments

  1. Menina, amo esse filme.
    O negócio é ter fé nas pessoas e acreditar. Podemos fazer a nossa parte e isso já vale alguma coisa.
    Bjo

  2. Então, eu ainda não assisti ao filme! Vejo falar tanto, mas não é que não me anime, é que faltou oportunidade mesmo!

    Cyn, postei hoje no luz um selinho que me deu. Sei, sei, faz tempo, mas somente agora estou conseguindo postar. É, a minha rotina não está fácil!! Estou precisando só respirar e sentir! 😉

    Boa semana! Beijus

Deixe um comentário para ferrockxia Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>