Coração dos outros é terreno onde ninguém pisa

1031657_heart_in_the_sandÉ isso mesmo. Relacionamentos são difíceis. Por mais que duas pessoas se deêm bem, é preciso tomar muito cuidado com os sentimentos alheios. A partir do momento em que se deseja relacionar com alguém, devemos ter consciência de que isto nos traz algumas responsabilidades.

Sinceridade e respeito pelo outro são excenciais. Lembre-se que se você sofre, o outro pode estar sofrendo também (ou até mais). Não é simplesmente chegar a uma decisão sozinho, agir da maneira que decidiu agir e sequer conversar a respeito com o outro. Suas ações podem magoar muito e fazer com que o outro se sinta abandonado e descartável.

Não somos objetos que simplesmente podem ser deixados de lado quando não servimos mais ao outro. Temos coração, sentimentos. Então cuidado ao permitir que alguém se apaixone por você. Não trate jamais o coração de alguém de maneira leviana, abandonando-o quando achar que é melhor para você. Se tem o minimo de consideração por outro ser humano, explique, converse, ache uma solução, ouça o que o outro pensa e sente, pois ao querer se resguardar, você pode acabar fazendo em pedaços alguém que realmente ama você.

Em relacionamentos, não cabe egoísmo. Para amar verdadeiramente você deve estar preparado para, inclusive, abrir mão de sua auto-preservação, pois se o outro se entrega completamente a você, pondere com ele qual a melhor maneira de seguir adiante com o relacionamento. Ou então seja bem sincero e diga que não quer mais.

Coração dos outros é terreno onde ninguém pisa, e ao ser egoísta, você apenas estará magoando profundamente alguém que lhe quer bem.

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas – Antoine de Saint-Exupéry

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>