Pilates

Artigo previamente publicado por mim no site Chat Feminino July 30, 2009 (13:26)

Mais uma vez irei abordar um tema que adoro, o Pilates.

Confesso: Não suporto malhar! Pulei de galho em galho, testando diversas modalidades, umas gostei mais e outras menos, mas nenhuma me conquistou como o pilates. Antes de descobrí-lo passei um tempo sem fazer atividade alguma e engordei horrores. Claro que precisava fazer alguma coisa urgente, não porque pra ser bonita tem que ser magra (pelo contrário, pra ser bonita você tem que estar de bem com você mesma) mas principalmente por uma questão de manutenção da minha saúde.

Porque, vamos combinar? Não há beleza que se sustente sem saúde. Mas vamos ao pilates!

Pilates é perfeito para quem não suporta musculação. Super gostoso de praticar, o método foi elaborado no começo do século vinte pelo atleta alemão Joseph H. Pilates como um sistema de exercícios para melhorar a flexibilidade, consciência corporal, equilíbrio e força.

O método foi desenvolvido de forma que o praticante faça poucas e eficientes repetições dos exercícios, exigindo do mesmo um controle adequado de seu corpo. Devido à necessidade de se concentrar durante as rotinas de exercícios é garantido ao praticante sentir-se mais consciente das funções musculares e ainda controlá-las mais adequadamente. Ou seja, você passa ater um uma consciência corporal muito grande, coisa a qual não estamos acostumadas, ainda mais na correria do dia a dia.

Segundo Joseph Pilates, após as 10 primeiras aulas, o praticante sente que o corpo mudou; após 20 aulas, que as mudanças são visíveis ; após 30, as demais pessoas começam a notar as mudanças.
E eu assino embaixo! Com seus movimentos fluentes feitos sem pressa e com muito controle para evitar estresse, dia após dia começamos a perceber nosso corpo mais forte, mais definido e sem perder a feminilidade. Conforme se vai avançando na prática, os exercícios se tornam mais difíceis, mas você se surpreende ao notar que seu corpo está perfeitamente preparado para enfrentar níveis de dificuldade maiores e este é apenas um dos prazeres que descobri praticando o método!

O alinhamento postural é importante em cada exercício, ajudando na melhora da postura global do indivíduo. Assim, a força, a tonificação e o alongamento são trabalhados de dentro para fora do corpo, tornando-o forte, bonito, saudável, harmonioso e elegante. Tudo de bom, posso garantir!

Como são as aulas?

– Apresentam exercícios suaves e eficazes;
РPoucas repeti̵̤es de cada movimento;
– Grande repertório de exercícios;
РAulas ̼nicas, evitando monotonia;
– Uso de aparelhos e acessórios criados especialmente para os exercícios;
– Resultados rápidos e duradouros;
РConstrṳ̣o de uma postura correta e natural;
– Não há desgaste físico.

Quais são os benefícios?

– Aumenta a resistência física e mental;
– Alongamento e maior controle corporal;
РCorre̤̣o postural;
РAumento da flexibilidade, t̫nus e for̤a muscular;
– Alívio das tensões, estresse e dores crônicas;
РMelhora da coordena̤̣o motora;
РMaior mobilidade das articula̵̤es;
– Estimulação do sistema circulatório e oxigenação do sangue;
– Facilita a drenagem linfática e eliminação das toxinas;
– Fortalecimento dos órgãos internos;
РAumento da concentra̤̣o;
РTrabalha a respira̤̣o;
– Queima de calorias;
– Promove relaxamento.

Resumindo, você sai da aula renovada, super zen, com sensação de dever cumprido e ficando cada vez mais saudável.

Quem pode praticar?

Por ser uma atividade individual ou feita na companhia de pequenos grupos e ainda supervisionada por um professor, a aula é direcionada para as necessidades individuais do aluno. Estes exercícios especiais podem ser feitos por qualquer indivíduo, desde o super treinado ao sedentário, do idoso ao adolescente e das grávidas aos pacientes em fase de reabilitação ou com desordens alimentares, ainda podendo ser recomendado como condicionamento e prevenção de lesões para todos os indivíduos. Ou seja, qualquer pessoa, entre 12 e 100 anos e em todos os níveis de condicionamento físico pode praticar o Pilates.

Que roupa usar?

Roupas confortáveis de ginástica. O método é praticado com os pés descalços, ou se preferir com uma meiazinha, nunca de tênis.

Como vocês já devem ter percebido, eu sou grande fã do método. A única coisa que pode desagradar são os preços, que não são exatamente baixos. Mas para mim, apesar de caro, compensa. O bacana é que sempre se pode fazer uma aula experimental para ver se gostamos mesmo antes de fazer a matrícula. Afinal, fazer uma atividade física que não gosta e ainda gastar dinheiro com isso, nunca funciona.

3 Comments

  1. Cyn amei seu post sobre Pilates, eu também sou uma apaixonada por este método. Faço há mais de 2 anos e não troco por nada. foi uma descoberta para mim.
    Amei seu blog e já estou te seguindo no twitter.

    Beijos
    Patty Martins

    1. Obrigada. Apesar de seu comentário ser mais um jabá que outra coisa +)
      Agradeço a visita ^^

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>