Goodbye Charlie

Eu gosto de filmes antigos. Principalmente as comédias. São filmes geralmente muito leves e de humor fácil, do tipo que nos relaxa verdadeiramente.

Dia destes assisti um que achei genial em sua camuflada simpliscidade. O nome é Goodbye Charlie, do ano de 1964, e traduzido para o português como “Um amor do outro mundo”.

A comédia conta a fantasiosa história sobre Charlie, um conquistador barato que acostumado a seduzir mulheres e as tratar como objeto acaba sendo assassinado por um marido ciumento. Como castigo, Charlie volta à vida sob a forma de uma linda mulher, tendo que encarar seus hábitos machistas sob uma nova perspectiva.

Debbie Reynolds, a mãe da princesa Léia (ela é mãe de Carrie Fisher), faz o papel de Charlie na pele de uma loira estonteante, que a princípio se revolta com a nova condição, enquanto o amigo George vivido por Tony Curtis especula se não seria um castigo.

Aos poucos, Charlie em seu novo corpo feminino, começa a se sentir mais mulher o que confunde a cabeça do amigo e a sua própria, mas como mau-caráter que é tenta tirar vantagem dos outros em sua nova condição.

O filme é divertido e leve, bom para se ver em dias que se quer relaxar. Se tiver a oportunidade, assista 😉

Como você se sente?

Gostaria de saber, como você se sente. Sim, de verdade.

Pergunto isso, pois um dos artigos de maior visibilidade daqui do Silent Devotion, é aquele que fala como superar o fim de um relacionamento. E o que eu vejo é que existem muitos corações partidos por aí em busca de um pouco de alento. (O meu, inclusive, já foi feito em pedaços e pisoteado tantas e tantas vezes…)

O mais engra̤ado disso tudo, ̩ que a maioria das pessoas ṇo sabe lidar com sentimentos e costumam ṇo dar a menor import̢ncia a eles Рdeve ser por isso que os terapeutas esṭo enchendo os bolsos de dinheiro, ṇo ̩? РDamos a desculpa que estamos sempre ocupados demais, correndo demais, sem tempo para nada.

Então sentimentos dos mais nobres aos mais dolorosos são postos de lado, e isso pode ser muito prejudicial, e até mesmo perigoso.
Faz mal à saúde guardar rancores. Mágoas, raiva, podem acabar com seu sistema nervoso. Quando nossa alma se encontra em desequilíbrio, o corpo acaba por somatizar. Ou seja, você, literalmente, adoece.

Pelo nosso bem, sentimentos deveriam ser tratados com a devida importância. Se assim fosse, grande parte dos males da humanidade já teriam sido solucionados. Grandes amores não teriam sido despedaçados de forma tão dolorosa. E amizades não acabariam sem mais e nem porque.

“Não faça com os outros o que você não quer que seja feito com você”, já diria Renato Russo. Trate os sentimentos alheios com a mesma importância que você desejaria que fossem tratados os seus.
E quando perguntar a alguém “como vai?” pergunte com intenção de saber a resposta e não só por educação.

Mas de antemão tem algo que posso dizer sem medo: culpa é o único sentimento que não acrescenta em absolutamente nada. E o orgulho pode – e deve- ser deixado de lado na maioria das ocasiões. Pense nisso 😉

Monstros

Existem pessoas que são simplesmente más. Sem querer entrar em qualquer tipo de discussão psicológica nem nada disso, mas tem pessoas que são más.

Verdadeiros monstros sem escrúpulos, se vestem em pele de cordeiro para conseguir o que querem. São pessoas extremamente egoístas e sem caráter, mas simplesmente não se enxergam assim. Cercados de amigos de festa, acham que são o máximo, quando intimamente querem mais é que os outros se danem.

Eles acreditam, lá em seu modo distorcido de ver as coisas, que, nada mais natural do que tratar apenas dos próprios interesses depois que conseguem obter o que queriam inicialmente. Eles simplesmente usam pessoas, e não vêem mal nenhum nisso.

Depois de conquistado o que lhes era “necessário” por assim dizer, jogam fora o que não serve mais.  Simplesmente lobos em pele de cordeiro. Monstros frios e calculistas.

E sabe o que é pior? É que quase nunca dá pra saber de que estamos lidando com um desses. Só depois que o estrago já foi feito, que já nos magoaram, usaram e nos descartaram é que sabemos que fomos apenas mais uma vítima de um desgraçado desses.

“Preste atenção querida, de cada amor tu herdarás só o cinismo”  – Cartola

Microssérie Chico Xavier estreia dia 25

Laura Cardoso faz participação especial ao lado de Nelson Xavier - TV Globo/Ique Esteves

Depois do sucesso nas salas de exibição do país, a trajetória do médium mais famoso do país chega à TV. Entre os dias 25 e 28 de janeiro, os telespectadores vão poder conferir Chico Xavier, a microssérie dirigida por Daniel Filho, que vai mostrar fatos reais que aconteceram ao longo dos 92 anos de vida do mineiro nascido em Pedro Leopoldo.

Baseada no livro As Vidas de Chico Xavier, do jornalista Marcel Souto Maior, a atração é uma extensão do filme Chico Xavier, lançado nos cinemas em abril de 2010. A microssérie traz cenas inéditas, novos personagens e um elenco formado por nomes como Nelson Xavier, Ângelo Antonio, Tony Ramos, Christiane Torloni, Giulia Gam, entre outros.

Serão quatro episódios, que vão ao ar logo após o ‘Big Brother Brasil’, com uma hora a mais de conteúdo no total do que o filme. A produção contou com 135 atores e cerca de 90 locações. A minissérie mostra detalhes da infância de Francisco de Paula Cândido, quando começava a ter suas primeiras manifestações mediúnicas, vendo e ouvindo espíritos, incluindo o de sua mãe, já desencarnada. Ainda menino (Matheus Costa), Chico sofria nas mãos de uma madrinha (Giulia Gam), que o maltratava.

Na idade adulta (Ângelo Antonio) é apresentado à Doutrina Espírita e passa a ajudar pessoas doentes ou que perderam entes queridos, sempre sob a orientação de Emmanuel (André Dias), seu guia espiritual. Chico Xavier trabalha incessantemente, psicografando os livros que lhe eram ditados pelos espíritos e doando sua vida pelo bem do próximo.

Ele muda de Pedro Leopoldo para Uberaba e abre a Casa da Prece. Com o passar dos anos, cercado por dúvidas, sua fama ultrapassa as fronteiras de Minas Gerais e passa a ser uma polêmica nacional. Mais velho (Nelson Xavier), participa de um debate ao vivo, no programa ‘Pinga-Fogo’, onde sua mediunidade é colocada à prova tendo como plateia milhares de telespectadores. Nos bastidores, o diretor da atração, Orlando (Tony Ramos), vive um drama pessoal com sua esposa (Christiane Torloni) por conta da morte de seu filho. Uma carta entregue a ele por Chico Xavier muda os rumos de um julgamento.

Mais novidades em www.redeglobo.com.br e @rede_globo.

Cruz Vermelha recebe doações para vítimas da chuva em todo o país

Pessoal, recebi por e-mail e confirmei pelo site do Jornal da Globo e achei por bem divulgar. Contribuam com o que puderem, tem muita gente precisando.

Os desabrigados e desalojados do Rio de Janeiro e São Paulo precisam de doações de água potável, alimentos, roupas, cobertores, colchonetes e itens de higiene pessoal, como sabonete, pasta de dente e fralda descartável.

ALAGOAS
Endere̤o: Av. Com. Gustavo de Paiva, 2.889 РMangabeiras
CEP:57.038-000 – Maceió – AL
Tel.: (82) 3325-2430 – Fax: (82) 33325.1607

AMAZONAS
Endereço: Parque Residencial Adrianópolis, QB – Casa 16
CEP:69.020-210 – Manaus – AM.
Tel. Res.: (92) 3236.5704

BAHIA
Endereço: Av. Luis Eduardo Magalhães, 3091
Bairro: Cabula
CEP:41.150.595, Salvador – Bahia
Tel.: (71) 33410414 – (71) 3555.4112

CEARÁ
Endere̤o: Rua Jos̩ Louren̤o, 3.280 РAldeota
CEP: 60.115-282 – Fortaleza – CE.
Tel.: (85) 3472.3535 / (85) 3472-3531

DISTRITO FEDERAL
SCLRN 715, Bloco C, Loja 25 – Asa Norte
Brasília – DF
Tel.: (61) 3361.6904

MARANHÃO
Endere̤o: Av. Get̼lio Vargas, 2342 РMonte Castelo
CEP: 65.025-001 – São Luiz – MA
Tel.: (98) 3222-4331

MATO GROSSO
Endereço: Av. Historiador Rubens de Mendonça (Av. do CPA) s/n° ao
lado do Comando Geral da Polícia Militar
CEP: 78.058–970 Cuiabá – MT
Tel.: (65) 3641.2629

MATO GROSSO DO SUL
Endereço: Av. David Correia Leite, 273 Universitaria 2
CEP: 79.071-310 Campo Grande – MS.
Tel: (67) 3388.0056

MINAS GERAIS
Endereço: Alameda Ezequiel Dias, 427- Centro
CEP: 30.130-110 – Belo Horizonte – Minas Gerais
Tel.: (31) 3224.2987 / (31) 3226.4233

PARÁ
Endereço: Av. Gentil Bitencourt nº 1.840 Bairro São Braz
CEP: 66.040-000 Belém – PA.
Tel. Filial (91) 3226.2556 / Fax 3226.5934 / 3226.2554

PARANÁ
Endereço: Rua Vicente Machado, 1.310-Centro
CEP: 80.420-011 – Curitiba – PR.
Tel:(41) 3016.6622 / (41) 3017.5260
Fax: (41) 3017.5261

PERNAMBUCO
Endereço: Rua Itaquicé, 140 IPSEP
51.350-160 Recife m- PE.
e-mail: jozadacosta@gmail.com
Tel.: (81) 3224.5906

RIO GRANDE DO NORTE
Filial do Estado do Rio Grande do Norte
Rua Gastão Mariz, 191 Nova Descoberta
CEP: 59.075-280 Natal – RN
Tel:(84) 3234.1292

RIO DE JANEIRO
Endereço: Praça Cruz Vermelha, 10/12 Térreo Centro
CEP: 20.230-130 Rio de Janeiro – RJ.
Tel.: (21)2508.9090

RIO GRANDE DO SUL
Endere̤o: Av. Independ̻ncia, 993 РCentro
CEP: 90.035-076 – Porto Alegre – RS.
Tel.: Filial (51) 3391.5955 – 3391.5953

SANTA CATARINA
Endere̤o: Rua Santos Saraiva, 821 РEstreito
CEP: 88.070-100 – Florianópolis – SC.
Tel.Filial (48) 3244.6681 e-mail cruzvermelhasc@gmail.com
Tel.: (48) 3244.4718

SÃO PAULO
Endereço: Av. Moreira Guimarães, 699 – Indianópolis
CEP: 04.074-031 – São Paulo – SP.
Tel.: (11) 5056-8666

Nestl̩ 90 anos РEmo̵̤es

Eu não costumo defender marcas e nem fazer propagandas de coisas que nada tenham a ver comigo. Mas vamos combinar que a nova campanha da Nestlé tá bem bacana?

Essa coisa de usar a música do Roberto Carlos e imagens antigas, meio que retrospectiva, nos fazendo lembrar de um monte de momentos foi uma ótima sacada. Simples e eficiente.

Tantas das imagens mostradas nos tocam pois marcaram de certa forma nossas vidas. E numa boa, querendo ou não, a Nestlé faz parte do nosso dia-a-dia. Curti.

reflexões…

E então queridos como foi de virada de ano? Espero que bem. O meu foi tranquilo, em casa, com mãe e irmão apenas. Me arrumei toda, como de costume, e desta vez usei um vestido colorido, com predominância de vermelho e amarelo.

Não ligo muito para estas superstições de cores, virar o ano de branco e etc… na verdade, a maior parte dos países ocidentais não tem disso. É mais coisa de brasileiro, pular 7 ondas e etc. Se vê pelo filme Sex and the City, que os americanos se preocupam mais em usar brilho (Samantha Jones passa o reveillon de preto, por exemplo).

Mas querendo ou não, vejo que o que importa realmente são os pensamentos positivos e as boas vibrações.

Serei-lhes sincera. Na virada, não estava nos meus melhores momentos. Apesar de ter me arrumado e ficado bonita, sentia saudades. Saudades de pessoas que amo e que não estão mais aqui (como meu pai); saudades de um amor distante e incerto; saudades da menina cheia de sonhos que fui e um tantinho magoada com a vida por uma série de razões.

2010 não foi tão divertido como eu esperava. Eu tentei me divertir, mas parece que os planos de Deus para mim eram outros. Não posso reclamar porém de uma coisa. A coisa que mais desejei aconteceu, até de maneira tumultuada e quase inesperada: minha ida a Londres. Foi rápido, mas foi bom. Profissionalmente, pois fiz um curso rápido de moda lá; e bem… sentimentalmente talvez. Pelo menos naqueles poucos dias eu fui feliz.

O problema de ser feliz por poucos dias é, que depois daqueles poucos dias, você – se for sensível o bastante – passa o resto do tempo com saudades daquilo e querendo reviver aqueles momentos.

Eu continuo querendo reviver aqueles momentos, e talvez daí venha parte da minha tristeza. Sou uma pessoa sensível. Tenho muito amor para dar, mas uma enorme necessidade de ser amada também.

Todo mundo precisa ser amado, por mais que diga que não.

Talvez eu devesse deixar para lá, tentar esquecer. Mas eu vos digo, meus amigos, um grande amor não se esquece.  E é ferida que dói de tempos em tempos. Saudade é um negócio que machuca profundamente o peito e a alma. How to move on?

O fato é que a esta altura é preciso simplesmente confiar na vida. Deixar que o tempo resolva todas as coisas. O que é extremamente difícil para uma virginiana, como eu que desde sempre teve um enorme senso de responsabilidade e foi ensinada pelo pai militar a ter controle das coisas. Só que a vida prega peças.

O meu maior desejo este ano é ser amada, e me sentir muito amada. Do jeitinho que sei que mereço. Numa boa, eu me amo e tudo mais, mas como diria Tom Jobim, “Fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho.