Hera Рa rainha dos c̩us

Hera, a rainha dos céus e esposa de Zeus, ficou conhecida como uma deusa amarga e vingativa. Mas nem sempre foi assim.

Como vimos anteriormente, Hera, juntamente com seus irmãos, fora devorada pelo pai Cronos e depois libertada por seus irmão Zeus que viria a se tornar o senhor do Olimpo.

Após serem libertos, a titã Réia (mãe deles), se preocupou em deixar os filhos em segurança longe de Cronos. Decidiu então levar Hera, ainda pequena, para a Terra das Hespérides, uma terra distante, onde viviam as três irmãs de Réia, as Horas. Esta terra era considerado um verdadeiro paraíso, lugar tranquilo e próspero.

Ao chegar no local, Réia foi até suas irmãs e explicou à elas o medo que tinha de Cronos. Ele estava furioso e poderia querer destruir seus filhos novamente. Assim, implorou às irmãs que tomassem conta da pequena Hera, pois, além de ser sua filha querida, havia uma profecia de que ela se tornaria a mais importante das deusas.

As três belas deusas Horas, criaram a menina com todo amor e carinho do mundo, ensinando-lhe sobre os deuses, a natureza e o mundo. Hera foi crescendo e se tornando cada vez mais bonita, mas era inteligente também e gostava de aprender o máximo que pudesse. Com as Horas aprendeu que poderia controlar o tempo, criar tempestades, comandar o céu. Descobrindo assim ser uma deusa de grande poder.

Em um desses dias que brincava com seus poderes, viu surgir no céu uma grande águia que voava até ela. Em suas costas a águia carregava o jovem Zeus, que, com ajuda de Hera, mais tarde se tornaria o senhor dos céus e do Olimpo. O jovem e belo deus, convidou Hera para retornar à Grécia e se tornar sua esposa. Ela, por sua vez, aceitou, sabendo que devia a Zeus o fato de estar sã e salva, e imediatamente se tornou sua dedicada e apaixonada admiradora.  Depois da grande guerra entre titãs e deuses, Hera se tornou a terceira e última esposa de Zeus (que por sua vez teve inúmeras amantes mortais). A guerra dos 10 anos e o casamento de Hera e Zeus você pode ver aqui.

 

Ao se casar com Zeus, Hera se torna a primeira dama do Olimpo e rainha dos céus. Com ele teve três filhos: Hefestos, Ares e Ivi (ou Hebe), de quem falamos no artigo sobre o Olimpo. Infelizmente, seu casamento com Zeus não foi o doa mais felizes devido às inúmeras traições do senhor do Olimpo, que continuamente se apaixonava por belas mortais e tinha filhos com elas. Hera aos poucos foi se tornando amarga e implacável, descontando sua fúria pelos subseqüentes atos de infidelidade do marido, em seus filhos bastardos e amantes mortais.

[nggallery id=6]

Como rainha do Olimpo, Hera carregava consigo um cetro real de ouro, como o de Zeus, um lindo diadema de rainha que enfeitava seus cabelos negros, e sentava-se em um trono ao lado de Zeus. Ao seu lado, governava também os céus, as nuvens, a chuva, os raios e tempestades. Quando decidia passear, se utilizava de uma carruagem de ouro puxada por dois belos corcéis. Era a protetora das mulheres, estava presente em todos os casamentos – pois era a padroeira deles – e era o exemplo de esposa devotada e fiel ( por mais que seu marido a traísse). Jamais perdoava as mulheres que traíssem seus casamentos. E castigava severamente qualquer mulher que se metesse entre ela e Zeus. Seus símbolos eram a romã e o pavão.

 

Até a próxima 😉

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>