#florestafazadiferenca – em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável

Alguns dias atrás, quase que sem querer, acabei descobrindo esse movimento que tá rolando em defesa das nossas florestas e incentivo ao desenvolvimento sustentável. Comecei a acompanhar, assisti a alguns vídeos que algumas celebridades gravaram para apoiar a campanha, e continuo acompanhando. Ao assistir alguns desses vídeos no you tube, li comentários de pessoas fazendo críticas sem o menor fundamento, críticas ao movimento somente porque celebridades estão participando, e coisas imbecis como “e de onde vamos tirar o biodisel??” ou “parem de fazer filhos”.  Oi?

Algumas considerações:

1° – é muito mais fácil e cômodo, sentar, cruzar os braços e criticar. tentar fazer a sua parte é mais difícil, dá preguiça, então o que fazem é criticar. Deve ser mais divertido, não sei. Só sei que vejo que, para a maioria dos circris de plantão, parece ser mais fácil acreditar que “não vai adiantar de nada mesmo”, e nem se dar ao trabalho de assinar o abaixo assinado, mas deixar comentários maldosos ou imbecis.

2°- se ao invés de reclamar, cada um fizesse sua parte, nosso planeta – que é a única casa que a gente tem – estaria em condições muito melhores. Afinal de contas somo 7 bilhões de pessoas, se cada um faz um pouquinho, imagina só que grandes mudanças poderíamos fazer?

Eu não sei vocês, mas independente de qualquer politicagem, eu acho uma campanha deste tipo muito válida. Deem uma olhada em alguns trechos importantes do Manifesto em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável que selecionei, com a tentativa de explicar melhor do que se trata.

“(…) Importa, em primeiro lugar, esclarecer a grande confusão sob a qual se criam tantas desinformações: não está se fazendo a defesa pura e simples das florestas. Elas são parte dos sonhos de um país com mais saúde, menos injustiça, no qual a qualidade de vida de todos seja um critério levado em conta. Um Brasil no qual os mais pobres não sejam relegados a lugares destruídos, perigosos e insalubres. No qual a natureza seja respeitada para que continue sendo a nossa principal fonte de vida e não a mensageira de nossas doenças e de catástrofes.
A Constituição Brasileira afirma com enorme clareza esses ideais, no seu artigo 225, quando estabelece que o meio ambiente saudável e equilibrado é um direito da coletividade e todos – Poder Público e sociedade – têm o dever de defendê-lo para seu próprio usufruto e para as futuras gerações Esse é o princípio fundamental sob ataque agora no Congresso Nacional, com a aprovação do projeto de lei que altera o Código Florestal. 23 anos após a vigência de nossa Constituição quer-se abrir mão de suas conquistas e provocar enorme retrocesso.

(…) Vamos usar, sim, nossos recursos naturais, mas de maneira sustentável. Ou seja, com o conhecimento, os cuidados e as técnicas que evitam sua destruição pura e simples. É mais do que hora de o País atualizar sua visão de desenvolvimento para incorporar essa atitude e essa visão sustentável em todas as suas dimensões.

Tal como a Constituição reconhece a manutenção das florestas como parte do projeto nacional de desenvolvimento, cabe ao poder público e nós, cidadãos brasileiros, garantir que isso aconteça. Devemos aproveitar a discussão do Código Florestal para avançar na construção do desenvolvimento sustentável. Para isso, é de extrema importância que o Senado e o governo federal ouçam a sociedade brasileira e jamais esqueçam que seus mandatos contêm, na origem, compromisso democrático inalienável de respeitar e dialogar com a sociedade para construir nossos caminhos. (…)”

 

Eu, sinceramente, não acredito que pessoas minimamente esclarecidas não entendam a importância disso. Para mim é claro como água. Precisamos colocar as cabecinhas pra funcionar, e encontrar soluções simples para aproveitarmos melhor os recursos naturais que ainda temos, sem acabar com eles. Pra quê entregar o ouro de graça ao bandido. Qual a dificuldade pra entender que se não cuidarmos daquilo que possuímos, vamos acabar sem nada? Eu sou a favor da defesa das florestas e mais ainda do desenvolvimento sustentável. Já passou da hora de mudarmos nossas mentalidades consumistas e destruidoras, para algo mais inteligente. Independente de qualquer coisa.

Se quiser conhecer melhor o movimento, visite a página: www.florestafazadiferenca.com.br. Lá tem vários videos esclarecedores, um abaixo assinado virtual, um para ser impresso se desejar, o manifesto completo, cartazes para impressão e etc. Neste momento, por exemplo, está acontecendo transmissão ao vivo da VOTAÇÃO DO CÓDIGO FLORESTAL NO SENADO, direto de São Paulo e Brasília.

Informe-se, participe, assine.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>