Você se respeita?

Tanto se fala hoje em dia sobre amor próprio e autoestima. Mas sabemos efetivamente o que é isto? Me parece ser mais fácil falar do que agir de acordo. Acredito que amor próprio tem a ver primeiramente com respeito. Respeitar a si mesmo. Pois só respeitando a si mesmo é possível respeitar verdadeiramente o seu próximo. Amar envolve respeito.

Mas… Você se respeita? Respeitar-se, para mim, significa não se violentar. Saber dizer não quando necessário e deixar o sim vir quando se tem vontade verdadeiramente.

Para não parecermos egoístas tendemos a dizer sim e a fazer coisas contra a vontade só para agradar o próximo. Pois parece que alguém inventou que para sermos aceitos e amados precisamos sempre dizer sim. E, com nossas inseguranças, é o que acabamos fazendo.

O que não sabemos (ou nos esquecemos) é que não é necessário nos violentarmos para sermos legais. Os melhores atos de afeto são aqueles espontâneos que surpreendem o outro e nos deixa de coração leve.

Você não precisa ir naquela festa que você sabe que só vai tocar funk (se você odeia funk) só porque seu amigo pediu. Ele pode ir com outra pessoa. Você não precisa se submeter a uma situação que te parece desagradável, na qual você sabe que não vai se sentir bem, só para agradar alguém, para não perder seu afeto.

Você pode dizer que não gostou de alguma coisa. Isto não te faz imperfeito, isto não te faz uma pessoa ruim. E se alguém se afastar de você porque você disse não a um capricho, ou a uma situação que te desagradou, ou um combinado desfeito, ou a uma clara falta de consideração, então esta pessoa não respeita você. E quem não te respeita não merece estar na sua vida.

Então, pelo amor de Deus, jamais se anule por quem quer que seja. Seja você mesmo. Se respeite. Todos somos dignos de amor. A começar pelo próprio. Quem ama, respeita. Quem se ama, se respeita.

E a diva Madonna já ensinou isso tem um tempinho. 🙂

Express Yourself!

“Você merece o melhor na vida
Então se essa não é a hora, então parta pra outra
Segunda melhor nunca é suficiente
Você ficará muito melhor sozinha.”

Come on girls
Do you believe in love?
‘Cause I got something to say about it
And it goes something like this

Don’t go for second best baby
Put your love to the test
You know, you know, you’ve got to
Make him express how he feels
And maybe then you’ll know your love is real

You don’t need diamond rings
Or eighteen karat gold
Fancy cars that go very fast
You know they never last, no, no
What you need is a big strong hand
To lift you to your higher ground
Make you feel like a queen on a throne
Make him love you till you can’t come down
[You’ll never come down]

Long stem roses are the way to your heart
But he needs to start with your head
Satin sheets are very romantic
What happens when you’re not in bed
You deserve the best in life
So if the time isn’t right then move on
Second best is never enough
You’ll do much better baby on your own
[Baby on your own]

Express yourself
[You’ve got to make him]
Express himself
Hey, hey, hey, hey
So if you want it right now, make him show you how
Express what he’s got, oh baby ready or not

And when you’re gone he might regret it
Think about the love he once had
Try to carry on, but he just won’t get it
He’ll be back on his knees

To express himself
[You’ve got to make him]
Express himself
Hey hey

What you need is a big strong hand
To lift you to your higher ground
Make you feel like a queen on a throne
Make him love you till you can’t come down
[You’ll never come down]

So please

Express yourself
[You’ve got to make him]
Express himself
Hey, hey, hey, hey
So if you want it right now, make him show you how
Express what he’s got, oh baby ready or not
Express yourself
[You’ve got to make him]
So you can respect yourself
Hey, hey
So if you want it right now, then make him show you how
Express what he’s got, oh baby ready or not

Oração

1

Vejo a vida como uma grande escola. Todas as situações que passamos nos servem de aprendizado numa maior ou menor escala. Mesmo que não compreendamos os acontecimentos tão logo ocorram, sempre chega o dia em que os porquês se fazem claros, e, geralmente, é quando algo já não tem a importância de outrora.Como se a vida cuidasse para não soframos mais do que o necessário no momento de uma decepção, por exemplo.

A vida pode não parecer justa muitas vezes. E muitas vezes ela não é. Mas o tempo é sábio, e acaba por nos trazer os esclarecimentos necessários. Muitos eu ainda não encontrei, mas sigo com fé de que nada terá sido em vão.

O negócio é deixar a vida fluir e trazer surpresas agradáveis. Elas ocorrem, acreditem em mim. Muitas vezes sequer as percebemos de cara, pois estamos demasiadamente preocupados, apegados a coisas que se foram tentando entender os porquês. É preciso ter cuidado para não acabar deixando algo de incrivelmente bom escapar.
E assim vou seguindo com parcimônia, observando, refletindo, absorvendo aos poucos, tentando não criar expectativas em demasia, procurando me centrar, tentando ser paciente, cuidando de mim, relaxando, e abrindo o coração para receber de braços abertos as coisas lindas que estão por vir.
E que a fé me guie. E que meu anjo da guarda me proteja. Amém.

Das lições da vida

Nos últimos tempos eu tenho vivido um período bastante… emocional, digamos assim. A busca de um amor. Sim, quem não sonha em amar e ser amado?
Uma coisa que deveria ser simples e natural envolve uma série de complicações que nós mesmos nos impomos para que algo seja socialmente aceitável antes de qualquer coisa para depois ser aceito no coração. Tantas complicações tolas, tantos esforços em vão, tempo investido, carinho dedicado, e no fim, tempo perdido.
Mas é preciso tirar uma lição de tudo que nos acontece por mais dolorido que seja. Mas a verdade é que quando conseguimos tirar uma lição, o sofrimento diminui, fica tudo bem mais leve, mais sereno.
O que aprendi? Aprendi que não importa o que você faça, não importa o quanto você se dedique. Você não pode fazer alguém te amar. Por maior que seja o bem que você queira a esta pessoa. Por mais que você se sinta bem ao lado dela e ela pareça se sentir bem ao seu lado, você simplesmente não pode obrigar ninguém a te amar e a continuar te acompanhando pelos caminhos da vida. Não pode obrigar ninguém a faze parte dos seus mais doces sonhos.
O coração quer o que o coração quer.
Que cada um encontre o que deseja.
Que cada sonho se realize.
E o que resta é a saudade.
(que um dia também irá desvanecer)